BUSCA + enter






Cardeal Mazzarino e a Máscara da Dissimulação


reprodução

Jules Mazarin

Ele era um sacerdote diplomata vindo da Itália, da pátria de Maquiavel. Encantou-se com Paris e com a corte francesa. Em pouco tempo, hábil, refinado, astuto, caiu nas graças da rainha-mãe, tutora daquele que viria a ser Luís XIV. Protegido pelo Cardeal Richelieu, Mazzarino, afrancesando o nome para Mazarin, desligando-se do Vaticano, logo fez carreira servindo ao trono da França. Ao desaparecer o cardeal-ministro em 1642, ele tornou-se o senhor todo-poderoso dos destinos da França.

A política como teatro

"Dissimulador é aquele que ora censura, ora recomenda uma mesma atitude, conforme lhe vem ou cai melhor"

G. Mazzarino - Breviário dos políticos (Carnets)


reprodução

Mazzarino e a rainha Ana de Áustria

No antigo teatro ático, os atores, para serem vistos pela numerosa mas distante platéia, utilizavam-se de enormes máscaras, chamadas pelos gregos de persona. Se representavam um tragédia, os traços eram horripilantes, se comédias, hilariantes. As emoções eram acintosas para que não houvesse dúvida do que se passava no íntimo daqueles que interpretavam. Pois para o cardeal Mazzarino, primeiro-ministro da França, morto em 1661, a máscara tinha exatamente uma função oposta: ocultar os sentimentos, jamais exteriorizá-los. É certo que o teatro do cardeal era outro. Não era público. Era a Corte, na época ocupando o Palácio do Louvre, da qual os possíveis espectadores ficavam bem distantes, separados pelas cercas de ferro, pelos enormes jardins, por grossas paredes e, claro, pela guarda palaciana. Nesse cenário, composto pela família real, seus ministros, os legatários, os cortesãos, suas favoritas e fâmulos, Giulio Mazzarino passou a maior parte da sua vida adulta.

|



 ÍNDICE DE POLÍTICA





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade