BUSCA + enter






A Divisão da Política da Eugenia

Dividiu-se a política da eugenia em três grande categorias quanto à sua execução:
reprodução

   H.Himmler, executor    da "solução final"
1) a esterilização (Sterilisirung) foi aplicada a certas classes de gente: nos insanos, nos idiotas, nos imbecis, nos pervertidos e em criminosos habituais;
2) a eutanásia (Gnadentod, a morte sem dor) nos doentes irrecuperáveis de qualquer idade, nos idosos senis, e em alguns casos de demência, por meio de injeções de fenol, nos asilos ou em sanatórios. Depois no transcorrer da guerra simplesmente deixava-os morrer de fome;
3) o extermínio (Endlösung) teve um alcance bem mais amplo. Inicialmente concentrou-se nos menores excepcionais, nas vítimas do mongolismo (quatro mil) que estavam acolhidos em escolas especiais e em sanatórios e que foram gaseados em caminhões adaptados como câmaras da morte, sendo para tanto utilizado o monóxido de carbono. Em seguida foi a vez dos loucos (70.273 por gás e 120 mil de fome), e, por fim, o holocausto dos judeus (seis milhões) e dos ciganos (200 mil), vitimados em massa pela "solução final" (Endlösung). Depois de terem abandonado os fuzilamentos em massa que ocorreram no Leste Europeu, a partir de 1941 eles foram gazeados e incinerados em campos de extermínio espalhados pela Alemanha e principalmente pela Polônia (em Auschwitz matava-se 4.500 ao dia).

Quem tinha direito à vida

As populações dos países ocupados eram divididas em quatro categorias estabelecidas pela Central de Segurança do Reich (Reischssicherheitshauptamt, RuSHA), um braço da poderosa SS (Shutzstaffel), chefiada por Heinrich Himmler.

Na primeira, eram classificados os alemães e seus descendentes; na segunda - os não-alemães; ao terceiro grupo pertenciam as pessoas consideradas aptas para o trabalho; e na quarta - aqueles que eram enviados para o campo de trabalho/extermínio de Auschwitz.

Em dez de dezembro de 1941, com a crescente dificuldade das forças nazistas no seu avanço na URSS, Heinrich Himmler ordenou que uma comissão de médicos viajasse por todos os campos de concentração a fim de eliminar os doentes e os "psicopatas" (em geral, os comunistas) que fossem considerados incapazes para o trabalho. Doravante bastaria ser idoso, doente, judeu, sacerdote, comunista ou social-democrata para ser assassinado.

Os Selecionadores

Os responsáveis pelo extermínio fixaram a partir de nove de março de 1943, uma equipe permanente de "selecionadores" que aguardavam as vítimas nas plataformas das estações ferroviárias, todos portadores de títulos de doutor (*). O trabalho deles era supervisionar os procedimentos de extermínio. Deviam separar os fracos, os doentes, os velhos, bem como as crianças e enviá-los para as câmaras de gás, enquanto um outro grupo, mais jovem e ainda sadio, seria mantido vivo para os trabalhos na infra-estrutura dos campos e nas fábricas que os utilizava como mão-de-obra.

(*) Uma organização médica reivindicou essa função junto ao comando da SS, em vista, segundo ela, dos selecionadores terem que ter formação acadêmica, com extensão em antropologia racial, para, em meio a multidão semita ou não-germânica, que desembarcava nos campos, poderem identificar um ariano puro e salvá-lo da morte certa.

Leia mais:
NEONAZISMO, REVISIONISMO E EXTREMISMO POLÍTICO

| |

As Duas Faces da Eugenia | A Certeza Científica da Eugenia | O que é a eugenia | Galton e a Sociedade da Eugenia | O Social-Darwinismo | A Eliminação dos Desajustados | O Super-Homem de Nietzsche | Síntese das Principais Leis e Decretos da Política da Eugenia | A Nova Raça de Senhores | Nietzsche e o Nazismo | As Teorias Racistas: Gobineau e Chamberlain | Esquema da Transmissão Cultural Racista | A Responsabilidade das Instituições Científicas | A Comunidade Racialmente Pura | A Divisão da Política da Eugenia | Quem tinha direito à vida | Os Selecionadores | Bibliografia



 ÍNDICE DE MUNDO





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade