BUSCA + enter






Introdução | A vitória da Unidade Popular | A via chilena para o socialismo | As forças da oposição | O Pinochetaço | Conclusões | Bibliografia

Chile: a derrubada da democracia
(de Allende a Pinochet)

Introdução

No dia 11 de setembro de 1973, as Forças Armadas chilenas (60 mil homens) comandadas pelo o general Augusto Pinochet, com o apoio dos Carabineiros (30 mil homens), deu um dos mais violentos golpes militares da história latino-americana. O Presidente Salvador Allende, eleito dois anos e dez meses antes, viu-se sitiado no Palácio de La Moneda pelas tropas e pela aviação golpista. Percebendo a inutilidade da resistência e para evitar mais derramamento de sangue, Allende matou-se. Com este gesto dramático encerrou-se tragicamente a experiência da implantação do socialismo pela via democrática-parlamentar numa sociedade de tradição ocidental. Para o Chile iniciava-se uma longa ditadura militar que só encerrou-se 17 anos depois quando, em 1990, na onda mundial das democratizações, o general Pinochet, derrotado num plebiscito, retirou-se do poder; cedant arma, togae, determinado que as armas cedessem o poder à toga, devolvendo a presidência a um político eleito pelo povo.

|



 ÍNDICE DE MUNDO





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade