BUSCA + enter






O Caleidoscópio Cultural

reprodução

   Brecht no clima de    Weimar
Um caleidoscópio que mostrou uma incrível e inusitada diversidade cultural, onde imagens tortuosas, deliberadamente deformadas, alternavam-se com linhas retilíneas, funcionais, onde cenografias visando a politização intercalavam-se com exposições filosóficas despolitizantes, tudo isso em meio a muita briga de rua entre comunistas e nazistas. Neste cenário confuso, caótico, de descrença absoluta e de desesperada necessidade de esperança, onde os extremos ideológicos se enfrentavam em cada esquina da Alemanha, nasceu o existencialismo de Martin Heidegger.

O Menino de Messkirch

Martin Heidegger nasceu no 26 de setembro de 1889 em Messkirch, um lugarzinho da Suábia, nas proximidades da Floresta Negra - coração romântico da Alemanha - filho de sacristão católico, muito modesto, situação que o garoto escapou de repetir graças a uma bolsa de estudos que lhe permitiu ir estudar, a partir de 1903, no liceu de Constança. Entrou para o seminário em Friburgo em 1909 e no ano seguinte ensaiou o seu primeiro escrito em favor do monge Abraham a Sancta Clara, um importante sermonista barroco do sul da Alemanha, um xenófobo e anti-semita que morrera em 1708, o qual provavelmente afirmou ainda mais o caminho dele para interessar-se pelos místicos alemães e depois pelo escolástico Duns Scotus (um crítico da razão falecido em 1308).

Peter Strub de Messkirch, 1530-43

   Elevação de    Madalena
Da mesma forma que Nietzsche, filho de um pastor, jamais deixou de estar psicologicamente ligado às coisas da religião, Heidegger, ainda que ambivalente, nunca desvinculou-se da sua predisposição à mística, daqueles seus anos de infância de menino-sineiro e de seminarista.

Foi assistente de Edmund Husserl, o fundador da fenomenologia, praticamente desde que o mestre chegara à Universidade de Friburgo em 1916. No universo acadêmico alemão daquela época ninguém destoava da política de pleno apoio à guerra em defesa dos interesses do II Reich e, quando a república democrática foi implantada, sucedendo o regime do Kaiser, a imensa maioria dos docentes, todos ultraconservadores, não escondia o desprezo por aquele "governo de judeus", como normalmente eles se referiam à República de Weimar.

Nasce uma estrela

reprodução

   Husserl, o mestre    de Heidegger
Para onde o desamparado olhar do homem europeu sobrevivente da matança de 1918, poderia voltar-se? Os macrossistemas de Kant e de Hegel, as manifestações maiores do olhar racional sobre o mundo, estavam abaladíssimos, assim como a fé em Deus. Qualquer que ele fosse. Como imaginar um Ser Supremo, magnânimo e bondoso, para uma geração que viu Verdum, a batalha do Somme, a morte vinda pelo gás, pelos bombardeios inclementes, os corpos mutilados pela metralha apodrecendo nas trincheiras de toda a Europa? A isso juntou-se o fato de que por toda a parte as dinastias que por séculos controlavam os destinos das gentes afogaram-se num piscar de olhos no maremoto revolucionário de 1917-1918. Do dia para noite foram-se os Romanovs, os Hohenzollers, os Habsburgos e outros dinastas menores, varridos pelos povos que gritavam por sua emancipação e liberdade. A queda de Deus, do rei, e da metafísica clássica, fez com que Heidegger, rompido definitivamente com o catolicismo desde 1919, concentrasse o seu interesse no ser, no ser-aqui, na existência (Dasein), vindo a ocupar o vácuo deixado por um "mundo sem Deus", anunciando-se no cosmo filosófico alemão como uma nova estrela do amanhã.

Heidegger e o ser-no-mundo | O Cenário do Pensamento Alemão | O Fim das Incertezas | A Cultura de Weimar | O Caleidoscópio Cultural | O Menino de Messkirch | Nasce uma estrela | Existencialismo e Fenomenologia | Linhas Abertas | A Revolução Parda | Um Mosteiro de Filósofos | Uma Mente Labiríntica | O Fim | Cronologia | Bibliografia

| |



 ÍNDICE DE CULTURA E PENSAMENTO





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade