verd HISTÓRIA - Artigos - Verdi e a Unidade Italiana









BUSCA + enter






A Música e o Nacionalismo

O século XIX mais do que qualquer outro, viu o espírito nacionalista adonar-se da música, especialmente naquelas regiões e culturas da Europa que se encontravam oprimidas ou entregues à confusão. Confluíram para isso, para essa politização da música, a estética romântica que, desde os tempos do filósofo alemão Herder (morto em 1803), mandava os artistas procurarem inspiração nas raízes da cultura popular (abandonando os cânones da cultura clássica), como a ideologia liberal, que só reconhecia como governo legitimo o que viesse do apoio ou do consentimento do povo (e não mais das dinastias).

reprodução (ilustração Estado de S.Paulo)

   Verdi inspirou os patriotas italianos
Chopin na Polônia, Liszt na Hungria, Smetana na Boêmia, Wagner na Alemanha e Verdi na Itália foram as maiores expressões musicais desse despertar dos sentimentos populares que repudiavam os impérios multiculturais e étnicos que governavam a Europa de então(os dos Romanov, Habsburgos, Bourbons, e outros menores), muitos deles, destes compositores e concertistas, fizeram das óperas autênticos comícios patrióticos, procurando com isso agitar a opinião pública ou incitá-la à rebelião.

Ópera e Política

" A ópera séria é quase sempre política por natureza e uma interpretação política das mudanças estilísticas.."

Charles Rosen (A Geração Romântica, S.P.2000)

reprodução

   A rebelião de Bruxelas    começou pela ópera (1830)
Diga-se que nisso foram auxiliados pela significativa alteração ocorrida na ópera. No transcorrer do século XIX verificou-se a sua transformação de um arte eminentemente aristocrática (que passou todo o século XVIII exaltando o absolutismo e a magnificência da corte) numa forma popular, entregue a enaltecer a proeminência do mundo burguês. A Revolução Liberal de 1830, a que depôs o último dos Bourbons em Paris, assinalou o momento histórico da ruptura do gênero com as temáticas que antes eram tão ao gosto da nobreza. Um dos casos mais extremados dessa simbiose entre ópera e a política da época aconteceu em Bruxelas na estréia da "La multe de Portici" (A muda de Portici) de Auber. Na noite de 25 de agosto de 1830, ao ver no palco os napolitanos em franca rebeldia, o público não deixou por menos. Bastou encerrar-se o acorde final para que, tomado de entusiasmado, saísse pelas ruas da capital num insurgente tumulto a reclamar a independência da Bélgica.

A Trombeta de Josué

reprodução

   Garibaldi, como Il Trovatore, libertando    Veneza
Enquanto Richard Wagner, por exemplo, abeberou-se nas antigas lendas germânicas da época pré-cristã, encontrando nelas um denominador comum entendido e aceito por todos os alemães, Verdi recorreu ao Antigo Testamento ( Nabucco), a feitos dos tempos das Cruzadas (Os Lombardos na primeira cruzada), à heroínas nacionais de outros países (Joana d'Árc), ou à literatura de Shakespeare (Othelo, Mcbeth, Fallsfat) e de Victor Hugo (Rigoletto). Ao dar vida musical a uma série de libretos, procurou sempre acentuar uma conotação política por meio dos excepcionais recursos artísticos que era dotado. Verdi, ainda que seguindo a trilha de Bellini, mais do que nenhum outro compositor daquele século, fez da ópera um instrumento de combate pela libertação nacional, recheando suas composições com apelos à luta direta (como no "Di quella Pira", no Il Trovatore).

Metaforicamente poderia dizer-se que os seus vigorosos e comoventes corais, grandiosos, comoventes, heróicos, foram as trombetas de Josué com que esperava reconquistar a prometida terra itálica das mãos profanas dos reis estrangeiros. O que fez com que a censura saísse em seu encalço por toda a parte.

Verdi e a Unidade Italiana | A Itália Sofrida | Um Patriotismo Tribal | Divisão Política da Itália pré-1861 | Os Três Giuseppi | O Risorgimento | A Itália Cindida | O Mazzinismo | A Giovine Italia | Alternativas Políticas dos Unitaristas | O nascer de um patriota | A Música e o Nacionalismo | Ópera e Política | A Trombeta de Josué | A Ópera e o Teatro Grego | Va pensiero, Hino da Unificação | A "Marselhesa" dos Italianos | Letra do Va, pensiero... | Verdi è morto! | As Obras de Verdi | Dois Herdeiros de Verdi | Bibliografia

| |



 ÍNDICE DE ARTIGOS





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade