BUSCA + enter






Copérnico: o Filósofo do Céu

reprodução

   Copérnico
   (1473-1543)

Copérnico, morto em 1543, foi sem o desejar um dos grandes revolucionários da história da ciência. A teoria heliocêntrica que defendeu fez por influenciar uma mudança radical e completa não só na concepção do cosmo que se tinha até então, como na própria maneira de ver o homem.

O Sol é o centro de tudo

"O que é na verdade mais belo que o céu, que, certamente, contém todos os atributos da beleza? Isto é proclamado pelos seus verdadeiros nomes, caelum e mundus, este último com significando clareza e ornamento, como a escultura antiga."

Copérnico - As revoluções das órbitas celestes, 1543

Durante longos 36 anos, o cônego Nicolau Copérnico manteve-se irredutível. Não queria de modo nenhum publicar seu tratado sobre uma nova teoria cósmica. Se bem que algo já vazara, chegando até os ouvidos de um Lutero indignado, o número dos que tomaram conhecimento do real significado das suas teses reduzia-se a uma dúzia e olhe lá. O cientista, ao dedicar-se minuciosamente ao Almagesto do astrônomo Ptolomeu , e a outros especuladores celestiais, gregos e árabes, concluíra que não era a Terra o centro do universo. Era o Sol!

reprodução

   Imagem mitológica: o Sol carregado pela    quadriga
Preso à sua torre de observação em Frauenburg, hoje Turon, um lugarejo nas margens do Báltico, na antiga Prússia oriental, com um triquetrum e um baculus, instrumentos primitivos que mandara fazer, todos sem lentes, aquele sacerdote tímido, cinzento, de vida insípida, solitária e avarenta, convertido em filósofo do céu, fez desmoronar uma arquitetura astronômica que durava há uns 17 séculos.

|



 ÍNDICE DE ARTIGOS





 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade