Capítulos:

Introdução

1. Os EUA e a Nova Ordem Global

Os Estados Unidos como única superpotência

As estruturas hegemônicas de poder

A articulação de uma Nova Ordem Global

2. Globalização / Integração : UE, Mercosul e Nafta

3. Conflitos e desenvolvimento no Leste e no Sul

4. Entre o progresso e a regressão : rumo ao século XXI

5. Cronologia

O fim da bipolaridade também enfraqueceu o Movimento dos Países Não-Alinhados, enquanto os demais conflitos regionais, cuja resolução igualmente havia sido negociada por Washington e Moscou em lugar de terem sido eliminados, foram redimensionados. A dimensão ideológica e estratégica do confronto Leste-Oeste desapareceu, mas foi substituída pela "tribalização" no plano interno e pela ingerência de potências regionais e médias, fornecedoras de armas e desejosas de ocupar o vácuo criado com o fim da Guerra Fria (Alemanha, Irã, Turquia, Paquistão, por exemplo). Este processo teve lugar na maior parte da África, no Oriente Médio, no Afeganistão (cujo regime socialista, ironicamente, sucumbiu depois da URSS, em abril de 1992) e em amplas áreas da Ásia. O Cáucaso e as repúblicas muçulmanas da ex-URSS também começaram a viver conflitos, ampliando a área de instabilidade do Oriente Médio. Seria problemático realizar um ensaio de futurologia sobre a Nova Ordem Internacional e mesmo sobre o futuro imediato. A reorganização acelerada do capitalismo na época da III Revolução Industrial e da globalização da economia, aliada à crise política desencadeada com o fim do campo soviético e da própria bipolaridade, esvaziou de conteúdo os parâmetros até então vigentes. Nunca os diversos atores políticos, especialmente os grupos dominantes, atuaram tanto através de políticas de curto prazo, num imediatismo tático incapaz de identificar o "inimigo". Daí as destruições brutais abandonadas no meio do caminho, como no Iraque e na Iugoslávia, e a política de "vampirismo" e "fim dos tempos". Provavelmente, estamos vivendo não uma Nova Ordem Mundial, mas a intensa luta pela construção de uma e pela liderança dentro desta, o que deve consumir ainda mais uma década.

Paulo Fagundes Vizentini

próxima página      próxima página
CAPÍTULO 1
pg. 11
 
 » Conheça o Terra em outros países Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002,Terra Networks, S.A Proibida sua reprodução total ou parcial
  Anuncie  | Assine | Central de Assinante | Clube Terra | Fale com o Terra | Aviso Legal | Política de Privacidade