Capa Vestibular Educação
ÍNDICE
» Artes
»
Agrárias
»
Biológicas
»
Exatas
»
Humanas
»
Informática
»
Tecnólogos

SEU RUMO

Teste de Personalidade e de Vocação


LISTA NEGRA

Instituições que tiraram A e E no Provão


ESTÁGIO
» Currículo
» Entrevista
» Dicas

SITES
» Amanhã
» Educação
» Educativo
» Vestibular

FALE CONOSCO
Envie críticas
e sugestões
 

FÍSICA MÉDICA

O PROFISSIONAL

O seu campo de atuação é enorme. Ele desenvolve atividades ligadas à instalação, manutenção e uso de vários equipamentos. Ele determina planos de terapias, faz avaliações, controla a qualidade dos equipamentos de sistemas de imagem. Também faz o controle de radiações, determinando quando há riscos para os profissionais e pacientes.

O MERCADO DE TRABALHO
“O Brasil tem mais de 150 serviços de radioterapia, sendo 44 deles no Estado de São Paulo, desses, 16 estão em Ribeirão Preto.

Imagino que a demanda por esses profissionais será cada vez maior, graças às normas estabelecidas para a utilização de aparelhos à base de radiação. Hoje, calculamos a necessidade de 300 físicos-médicos só para o Estado de São Paulo. Para o Brasil, estima-se a necessidade 1,5 mil.

A área de pesquisas também é importante. Outro campo será o ensino nas mais diversas áreas da saúde: na formação de técnicos para a radiologia, cursos de biofísica e radiologia médica, não esquecendo da própria física médica.”
Prof. Oswaldo Baffa USP de Rib. Preto

O CURSO

O novo curso tem a duração de cinco anos. Entre as disciplinas do currículo: bioquímica, fisiologia, eletromagnetismo, biofísica, física do corpo, ressonância magnética, cálculo diferencial e integral, etc.

É preciso gostar muito de pesquisa interdisciplinar, que envolvem as ciências exatas com as biológicas. Durante o curso, é preciso desenvolver estágio no Hospital das Clínicas da cidade.

FONTE:
Professor Wagner Horta Guia 2001 - Guia Oficial do Ensino


Copyright © 1996-2000 Terra Networks, S.A.. Todos os direitos reservados. All rights reserved.